Federação Idígena em Ação

A ARTE COMO MEIO DE EXPRESSÃO, A CULTURA SÃO OS COSTUMES E TRADIÇÕES E OS MEIOS DE DIVERSÕES QUE CONSTRÓI VALORES HUMANOS DE UM POVO OU DE UMA NAÇÃO.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Preconceito Racial

Raiza klarimen xukuru fala sobre o preconceito racial da mulher indígena no contexto urbano.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Valquiria Kyalonan Xukuru na posse de ACS

primeira índia xukuru assumir posse como ACS na Prefeitura da Cidade do Recife, agora será um agente de saúde que atuará na comunidade do Coque, mais uma conquista. Viva o povo xukuru e viva nossa Mãe Tamain.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Índia do povo Xukuru do Ororuba passa no OAB

Minha querida filha acabou de passar na OAB - Mais uma Xukuru do Ororubá e num vai ficar só aí Direitos Indígenas esse vai ser o seu foco - Após conclusão do curso coroamento com a OAB."Kyalonan Xukuru do Ororuba"

Raiza Alice Neves Cavalcanti, Klarimen do povo Xukuru do Ororuba, passou nas provas do OAB e agora é mais uma advogada indígena, mostrando força e determinação, agora irá atuar nas causas indígenas em pró do seu povo.

Parabenizamos pela garra da guerreira Klarimen Xukuru.

Por Ridivanio Procópio da Silva

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Apostila da Língua Xukuru

Apostila da Língua Xukuru, custa r$ 20,00 revertido para melhoras do site e material de produção, este é um pequeno trabalho sobre a língua Brobo.

sábado, 2 de janeiro de 2016

Temática indígena, indios na Cidade.

12/12/2015
A temática indígena na UFRPE, as universidadedes Federais estão discultindo a problematica indigena, e levando os proprios indios para conta a sua própria historia que não é contatada nas escolas, Professor Edson Silva e Professora Mariana defenssores da causa indígena, e o casal Juruna e Kyalonan do povo Xukuru. 

A TEMÁTICA INDÍGENA: UM ESTUDO SOBRE AS PRÁTICAS CURRICULARES DOCENTES NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM PESQUEIRA/PE 
(Dissertação de Mestrado em Educação/Centro Acadêmico do Agreste/CAA (UFPE/Caruaru)
Aprovada em 11/12/2015, defesa de Maria da Penha, a mais nova mestra da temática indígena, esposa do professor Edson Silva, os dois sempre levando este tema Índios na Historia.

Agradecemos a todos que foram  ao evento  e aos organizadores, nós do F.I.A indios na cidade, e neste ano de 2016 será um grande palco de debates e construção de conhecimento.
Auto: Ridivanio Procopio da Silva

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

NÓS E A TRANSITORIEDADE :: Fernando Martins

NÓS E A TRANSITORIEDADE :: Fernando Martins



Saudações,
Estive lendo um texto de Freud onde o mestre fala sobre um passeio em belo jardim que fez com um amigo e este lamentava que toda aquela beleza iria desaparecer no inverno como a beleza humana que se dissipa com o tempo.
Se refletirmos a respeito, veremos que podemos lançar outro olhar sobre a situação.
A beleza daquelas flores terminará com a chegada do inverno, mas voltará logo após com a vinda da primavera e quem sabe até mais bela. Assim como a beleza humana citada pelo amigo poeta de Freud, que está associada à juventude e esta é claro, deixa de existir com o tempo, mas no seu lugar um algo novo surge; a maturidade e toda sua beleza. Uma beleza nova substituindo outra, ambas com suas particularidades e com seu momento.
Tudo muda, se transforma, é finito.
Amigos partem, amigos vêm. Amores terminam, amores começam. Pessoas queridas morrem e boas lembranças nascem.
A transitoriedade das coisas nem sempre é um destino cruel, pois na vida, quase tudo que importa esta sempre se transformando, nos trazendo novas cores, novas formas, novas maneiras de se viver os momentos. E o que vivemos agora é o que temos de beleza no momento. E o momento é sempre belo nem que seja pelo simples fato de estarmos vivos para vivê-lo.
Não é mesmo?
Só para registro e reflexão.
Fecha o pano.


Leia
mais: http://m.ofernandomartins.com/products/nos-e-a-transitoriedade/